Agora eu posso


Jeane Doucas
Viçosa/MG
2017

"Agora eu posso" foi uma performance realizada nas ruas da cidade de Viçosa MG. Foi idealizada e realizada antes da censura ocorrida na exposição em POA, Queer museu. Foi concebida após o parecer do juiz sobre o caso do rapaz que ejaculou sobre uma passageira em transporte público. Trata da problemática da mulher viver em um patriarcado onde o ato de amamentar em público é considerado despudorado, enquanto atos como o desse rapaz são inocentados. Foi um trabalho que gerou muita polêmica. Postei como álbum no FB juntamente com um texto, de cunho irônico, que rapidamente foi compartilhado em vários lugares do país. Fui muito atacada e até recebi ameaças. Alexandre Frota chegou a se aproveitar de uma das fotos fazendo montagem da mesma, com a seguinte frase em caixa alta: " Afronta aa família brasileira".